ROSH HASHANÁ 2020

Realizamos quatro refeições em Rosh Hashaná (sexta-feira à noite, sábado durante o dia, sábado à noite e domingo durante o dia). Em todas estas refeições, fazemos um kidush especial de Yom Tov (ou de Yom Tov e Shabat), que consta no final do birkon do Bait. Fazemos também netilat yadaim e a bênção de hamotsi para comermos a chalá, assim como no Shabat. Costumamos mergulhar a chalá no mel ou no açúcar e alguns costumam também, no sal.

AS REFEIÇÕES DAS NOITES DE ROSH HASHANÁ:

Simanim: nas refeições das duas noites de Rosh Hashaná comemos determinados alimentos (simanim) e fazemos alguns pedidos para termos um bom ano. De acordo com a Kabalá, o motivo de comer estes alimentos é trazer a bênção de D’s para nossas vidas, passando pelos três mundos e pelos três níveis da nossa alma, que estão associados a pensamento, fala e ação. Desta forma, temos a intenção (pensamento), rezamos (fala) e ingerimos o alimento (ação).

Estes simanim não são obrigatórios e sim, são sinais. Assim, caso não possua todos estes alimentos, pode fazer com o que tiver e continuar a refeição.

Segue abaixo o roteiro:

Nas duas noites de Rosh Hashaná, após o kidush, netilat yadaim e hamotsi, começamos a parte dos simanim. Seguramos o alimento em nossas mãos, fazemos o pedido e, em seguida, comemos um pedaço.

 

TÂMARA (TAMAR)

Baruch atá Ado-nai Elo-henu melech haolam borê peri haetz.

Em seguida, comemos um pequeno pedaço e recitamos o pedido abaixo. Após o pedido, comemos mais um pedaço.

Yehi Ratzon milefanecha Ado-nai Elo-henu vElo-he avotenu sheitamu oievenu vessonenu vechol mevakshe raatenu.

Que seja da sua vontade, Eterno, nosso Deus e Deus de nossos pais, que acabem nossos inimigos, pessoas que nos odeiam e pessoas que querem nosso mal.

FEIJÃO FRADINHO OU VAGEM COM SEMENTES (LUBIÁ)

Yehi Ratzon milefanecha Ado-nai Elo-henu vElo-he avotenu sheirbú zachiotenu utlabevenu.

Que seja da sua vontade, Eterno, nosso Deus e Deus de nossos pais, que aumente nossos méritos como as sementes e nos limpe.

ALHO PORÓ OU CEBOLA (KARTI)

Yehi Ratzon milefanecha Ado-nai Elo-henu vElo-he avotenu sheikaretu oievenu vessonenu vechol mevakshe raatenu.

Que seja da sua vontade, Eterno, nosso Deus e Deus de nossos pais, que sejam cortados nossos inimigos, os que nos odeiam e os que querem nosso mal. (forças espirituais negativas que foram criadas através de nossos erros).

 

ACELGA OU BETERRABA (SELEK)

Yehi Ratzon milefanecha Ado-nai Elo-henu vElo-he avotenu sheistalku oievenu vesonenu vechol mevakshe raatenu.

Que seja da sua vontade, Eterno, nosso Deus e Deus de nossos pais, que saiam nossos inimigos, os que nos odeiam e os que querem nosso mal. (todos os que nos acusam no plano espiritual)

ABÓBORA (KRÁ)

Yehi Ratzon milefanecha Ado-nai Elo-henu vElo-he avotenu shetikrá roá guezar dinenu veikareú lefanecha zachiotenu.

Que seja da sua vontade, Eterno, nosso Deus e Deus de nossos pais, que sejam cortados todos os maus decretos e sejam lidos perante você os nossos méritos.

ROMÃ (RIMON)

Yehi Ratzon milefanecha Ado-nai Elo-henu vElo-he avotenu sheirbú zachiotenu karimon

Que seja da sua vontade, Eterno, nosso Deus e Deus de nossos pais que aumente nossos méritos como as sementes da romã.

MAÇÃ COM MEL (TAPUACH BIDVASH)

O mel simboliza os prazeres materiais e a maçã simboliza o espiritual, as nossas mitzvot.

Pedimos a Deus que seja um ano doce tanto no plano material, quanto no espiritual.

Obs: caso não tenha feito a brachá de “borê peri haetz” com a tâmara, deve-se fazer sobre a maçã, conforme explicado acima.

Yehi Ratzon milefanecha Ado-nai Elo-henu vElo-he avotenu shetitchadesh alenu shaná Tová umtuká.

Que seja da sua vontade, Eterno, nosso Deus e Deus de nossos pais que renove sobre nós um ano bom e doce.

CABEÇA DE PEIXE (ROSH SHEL DAG)

Yehi Ratzon milefanecha Ado-nai Elo-henu vElo-he avotenu shenihie lerosh veló lezanáv.

Que seja da sua vontade, Eterno, nosso Deus e Deus de nossos pais que sejamos sempre a cabeça e não o rabo.

Após os simanim, começamos a nossa refeição e, no final, recitamos o birkat hamazon com o acréscimo "yaalê veyavo".

 

Shaná tová umetuká!

Rav Benjamin Zagury

baitrio@gmail.com

(21) 2235-6516